Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

[email protected]
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Abertura do Conef 2022 ressalta força feminina e valoriza cearensidade

12 maio 2022 | Poder

Por Redação

Organizado pelo Ibef Ceará, o congresso acontece em Fortaleza com o objetivo de discutir o perfil do executivo de finanças do futuro

Renata Santiago e Raul Santos, presidente e vice-presidente do Ibef Ceará, respectivamente, entidade organizadora do Conef em Fortaleza. (Foto: Eri Nunes)

Com o objetivo de discutir o perfil do executivo do futuro, os organizadores do Congresso Nacional dos Executivos de Finanças (Conef) abriram a edição de 2022 do evento, nesta quinta-feira (12), em Fortaleza, evidenciando o protagonismo feminino na área e valorizando a cearensidade no encontro. A presidente do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças no Ceará (Ibef Ceará), Renata Santiago, elencou, ainda, a tecnologia, a diversidade social e o ESG (Environmental, Social and Governance, ou Ambiental, Social e Governança, na tradução para o português) como pilares para um bom executivo de finanças do futuro.

LEIA MAIS >> Fargo realiza evento em parceria com o Ibef Mulher

Presidente do Grupo 3Corações recebe Prêmio Equilibrista durante Conef 2022

“O Conef vem com esse conceito do executivo do futuro, e o futuro já chegou. A gente quer debater tecnologia, um novo ambiente de negócios, o novo perfil do executivo. Eu, por exemplo, fui educada no ‘comando e controle’, manda quem pode, obedece quem tem juízo. Mas se eu continuar com essa mentalidade, não vou trabalhar com ninguém na atualidade. É um pouco disso que queremos debater aqui”, destacou Renata Santiago.

Além disso, acrescentou a presidente do Ibef Ceará, o congresso tem a proposta de “gerar conhecimento e conexão”, principalmente entre os players locais. “O estado do Ceará sempre foi rico e desigual, mas cheio de possibilidades. A maior demonstração dessas possibilidades é que, quando nascemos, a maior dificuldade do estado era a seca. Hoje, pelo sol e pelos ventos atraímos o mundo com projetos renováveis. O executivo nascido aqui ou que tem o Ceará como terra precisa se preparar e se adequar ao novo mercado, o novo momento da economia local e nacional”.

Uma das convidadas do painel de abertura, a economista e secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Zeina Latif, destacou o dinamismo do setor privado cearense. “Acho simbólica a frequência com que tem ocorrido esse tipo de evento [no Ceará]. Eventos para começar negócios, ou como esse, de encontro, troca de ideias. Isso mostra um setor privado com dinamismo bastante importante e que está apostando no Brasil”, disse ela, que estava palestrando em Fortaleza pela segunda vez este ano.

“Quando você vê essa movimentação, percebe que tem um setor produtivo querendo aumentar o protagonismo, entregar mais, investir. Quer contratar sem depender da ajuda estatal”, reforçou Zeina.

Pontos de mudança

A liderança de Renata Santiago no Ibef e na própria organização do evento jogou luz sobre o protagonismo de outras mulheres no congresso e no segmento como um todo, tradicionalmente dominado por figuras masculinas. O painel de abertura, por exemplo, teve como convidadas, além de Zeina Latif, a jornalista e comentarista política Amanda Klein. Outras personalidades no evento reforçaram esse protagonismo, como a secretária municipal de Finanças, Flávia Teixeira; e a CFO da Qair Brasil, Luiza Alyne Menezes.

A jornalista Amanda Klein e a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Zeina Latif, protagonizaram um painel mediado pelo economista Igor Lucena. (Foto: Eri Nunes)
Foto: Eri Nunes

Outro ponto marcante desta edição do Conef foi a valorização da regionalidade, ou melhor, da cearensidade em detalhes do evento. Desde a roupa usada por Renata Santiago – uma saia e um kimono produzido por artesãs cearenses, fruto de uma parceria entre a marca Catarina Mina e a Qair Brasil – até o convite para uma menina de 11 anos declamar um cordel, passando por uma citação a Belchior no discurso de abertura e a convocação a uma vaia cearense para iniciar as atividades.

A programação do primeiro dia do Conef 2022 inclui ainda palestras de Thammy I. Marcato, David Dias, Gustavo Araújo e Pedro Melo e, à noite, a solenidade de entrega do Prêmio Equilibrista e do Prêmio Ibef. Na sexta-feira (13), os convidados são Adriano Ghelman, Francisco Pereira, Reinaldo Rabelo, Rachel Maia, Márcio Calux e Juliano Tubino. O encerramento será com palestra magna de Guga Stocco.

Veja os cliques do evento, por Eri Nunes:

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE