Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

[email protected]
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Djalma Pinto celebra título Honoris Causa de Beto Studart em artigo

5 abr 2022 | Poder

Por Redação

O jurista diz que o reconhecimento celebra a convergência entre pesquisadores e aqueles que divulgam esses resultados junto à sociedade

Beto Studart foi reconhecido com o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Ceará. (Foto: Marília Camelo)

O advogado e mestre em Ciência Política Djalma Pinto avalia como de “significado importante para a sociedade contemporânea” a outorga do título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Ceará (UFC) ao empresário e presidente da BSPar, Beto Studart. Em artigo divulgado para alguns veículos da imprensa, o jurista diz que o reconhecimento representa “o surgimento de uma convergência de objetivos entre os pesquisadores e os responsáveis pela colocação dos seus inventos no mercado para a fruição da população”.

LEIA MAIS >> Izolda Cela assume como 1ª governadora do Ceará

Ceará escolhe cinco mulheres desembargadoras em eleição histórica

“Todo o progresso da humanidade decorre da mente inquieta de homens agraciados com o dom da genialidade. O compartilhamento dos produtos resultantes de suas criações, porém, somente é possível por meio de empreendedores com mentalidade aberta e receptiva àqueles que se dedicam ao cultivo da ciência”, completa Djalma no texto.

De acordo com o advogado, a UFC acertou ao estimular a interação entre ciência e empreendedorismo, e Beto Studart tem um papel essencial nesse contexto. “Foi sua a iniciativa, enquanto presidente da Fiec [Federação das Indústrias do Estado do Ceará], de criar os Conselhos Temáticos formados por integrantes da academia, do setor produtivo e do poder público, objetivando priorizar a inovação como fator essencial para a prosperidade do Estado”.

“Da integração de pesquisadores das diversas áreas com empresas engajadas com a inovação, enfim, da parceria saudável entre universidades, empresários e o poder público, resultaram benefícios inestimáveis para a comunidade. O vínculo entre os cultores da ciência e a classe empresarial comprometida com o desenvolvimento sustentável deve ser intensificado para que a população possa desfrutar do melhor que a vida pode propiciar”, conclui o jurista.

Reconhecimento

A indicação de Beto Studart para receber o título foi apresentada pelo reitor da UFC, Cândido Albuquerque, durante reunião do Conselho Universitário, em fevereiro deste ano. O nome do empresário foi aprovado com 27 votos. Além de Beto Studart, a Universidade já concedeu o título Honoris Causa a personalidades como a escritora Rachel de Queiroz (13 de agosto de 1981), o médico Adib Jatene (30 de junho de 1992) e o cantor Chico Buarque (23 de novembro de 1998).

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE