Se você gosta de aventura e de estar perto da natureza, o ecoturismo é sua vibe. Para desbravar as paisagens nordestinas de forma inusitada, então, nada melhor que as trilhas ecológicas. No Ceará, as opções são diversas, por isso selecionamos três percursos que irão te surpreender:

Floresta do Curió

Pouca gente sabe, mas a localidade do Curió, na Messejana, abriga um paraíso ao ar livre. A Floresta do Curió, como é conhecida, é refúgio de nascentes, pequenos riachos, além de mais de 92 espécies de animais e 80 espécies de árvores nativas. Com entrada gratuita, a região é ainda considerada a última reserva de Mata Atlântica na zona urbana, segundo a Secretaria de Meio Ambiente do Ceará, e a primeira Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) do Estado.

No local, é possível desbravar três trilhas de fácil acesso para crianças: Vermelha, com 2039 metros; Verde, com 2459 metros; e Branca, com 2680 metros. Há também um centro de convivência, que recebe palestras e cursos e é equipado com parquinho e banheiros. Ao longo das trilhas, você tem a oportunidade de conhecer de perto a fauna e a flora local, através de placas informativas sobre as espécies que habitam o espaço.

Horário de funcionamento:
Terça a sexta – das 6h às 17h
Sábado e domingo – das 8h às 15h

Endereço:
Avenida Professor José Arthur de Carvalho, 644-1002 – Lagoa Redonda

Serra de Baturité

Quem conhece Baturité, mais que recomenda a cascata do Cipó. Com 30 metros de altura, a atração pode ser acessada através de uma trilha de 1,5 km.

Cascata do Cipó

Já o Sítio São Paulo, localizado na divisa entre as cidades de Pacoti, Baturité e Guaramiranga, reserva uma das cachoeiras mais incríveis. O caminho até lá é pesado: são 14 km de trilha, sendo 10km a pé, em um percurso de subidas e decidas que pode demorar até uma hora e meia.

Cachoeira do Sítio São Paulo

Para quem quer se refrescar com leveza, uma opção é a queda d’água do Perigo, a oito quilômetros do centro de Guaramiranga. Dez minutos é o tempo de trilha, somente.

Queda d’água do Perigo

Parque Nacional de Ubajara

Considerado uma Unidade de Conservação Federal de Proteção Integral, o parque está situado entre os municípios de Ubajara, Tianguá e Frecheirinha, distante 350 km de Fortaleza. O ambiente possui vastas trilhas, mirantes, grutas e até cachoeiras. Em seu interior, está instalado também um bondinho (teleférico), administrado pelo Governo do Estado do Ceará, através da Setur.

Vista do Mirante da Gameleira

Quem está à procura de trilhas, vale ressaltar que há três trajetos disponíveis para os aventureiros. A Trilha da Samambaia, de nível leve, conduz o visitante até o Mirante da Gameleira, em um percurso de 2400 metros (ida e volta) a pé. A Trilha das Cachoeiras, de nível médio, demora duas horas, e passa por diversos rios e cachoeiras como a do Cafundó. Por último, a Travessia Ubajara x Araticum, de nível pesado, te leva até à cidade vizinha, em 3h de caminhada.

Horário de funcionamento:
Segunda – Fechado
Terça a domingo – das 8h às 17h

>> LEIA TAMBÉM: Cinco destinos para explorar o ecoturismo no Brasil

Fotos: Reprodução