Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Márcia Travessoni relembra trajetória no Diário do Nordeste e fala sobre o fim da edição impressa

28 fev 2021 | Poder

Por Redação

Fundado há 39 anos pelo industrial Edson Queiroz, o jornal Diário do Nordeste (DN) veiculou, neste domingo (28), a última versão impressa, inaugurando um caminho totalmente dedicado aos produtos digitais. Como colaboradora do veículo ao longo de 16 anos, eu, Márcia Travessoni, publisher da Plataforma MT, Márcia Travessoni, deixo aqui minha homenagem ao legado do jornal e relembro minha trajetória em um dos mais respeitados veículos do Nordeste.

LEIA MAIS >> Márcia Travessoni lança coluna social 100% digital

Márcia Travessoni assina conteúdo no jornal O Otimista

Vamos sentir falta do tempo em que esperávamos o jornal chegar bem cedinho na nossa casa para ver as notícias do dia ou ir até a banca comprar nosso jornal. Aos poucos, o digital transformou nossa maneira de consumir notícias, mas ainda assim, grandes players do mercado conseguiram nos últimos anos continuar com impresso e digital, equilibrando os custos.

A decisão de não imprimir mais o jornal foi anunciada em 18 de fevereiro, mesmo dia em que foram apresentados novos produtos digitais, colunistas e deu-se início ao foco no ambiente online. Desde 2018, o Diário do Nordeste passou por diversas transformações de formato, conteúdo e layout, na busca de se adaptar às urgentes mudanças da comunicação, mas os custos da versão impressa não se encaixavam nas demandas crescentes do grupo de comunicação responsável pelo periódico.

Quero expressar minha gratidão ao periódico que fez parte da vida dos cearenses e da minha, especialmente pelo meu aprendizado e pelas oportunidades que se abriram para que eu pudesse desenvolver meu talento, a comunicação, no mundo maravilhoso da informação, do colunismo de moda e social.

Iniciei como colaboradora do Diário do Nordeste em 2004, assinando a coluna de moda Zíper. O convite para o jornalismo impresso veio do então diretor-editor do DN, Ildefonso Rodrigues, e do departamento comercial de veículo, devido ao sucesso do programa M de Moda, que apresentei ao longo de dez anos na TV Diário – integrante do Sistema Verdes Mares, que abriga também o Diário do Nordeste, TV Verdes Mares, Rádio Verdes Mares e FM 93, entre outros veículos.

Era com esse jargão que eu terminava cada programa do M de Moda: “E não esqueça de conferir nossa coluna de moda Zíper, toda quarta-feira, no Diário do Nordeste”.

A coluna Zíper estreou no caderno Zoeira, depois foi para o caderno Eva e, em seguida, ficou sendo publicada na Revista Siará até o fim da veiculação do suplemento dominical, em 2014.

Print da coluna Zíper publicada no caderno Eva, do Diário do Nordeste. (Foto: Reprodução)

Equipe de excelência

Nessa trajetória, a coluna passou sob o olhar criterioso das jornalistas Marlyana Lima, Germana Cabral e Giovanna Sampaio, que editavam os suplementos e cadernos onde o material era veiculado. Assim como o programa de televisão, a coluna no impresso também tinha um time de colaboradores, produtores de moda, fotógrafos, diagramadores. Quantos profissionais ensinamos e formamos, que passaram pela coluna! Uma das produtoras virou editora de Beleza da revista Capricho e depois ganhou o mundo!

A coluna Zíper abriu caminho pra uma trajetória da qual tenho muito orgulho e gratidão, no jornal impresso dentro do Sistema Verdes Mares: assinei os editoriais de moda da revista Gente; coordenei a produção da revista Zíper Premium, veiculada em datas como Dia das Mães e Natal; e publiquei três Anuários da Moda do Ceará pela Editora Verdes Mares.

Em paralelo, segui com o programa de TV e o comando da agência de publicidade 333 Propaganda, ao lado do meu marido Fernando Travessoni.

Print da coluna Zíper publicada no caderno Zoeira, do Diário do Nordeste. (Foto: Reprodução)
Print da coluna Zíper publicada na revista Siará, do Diário do Nordeste. (Foto: Reprodução)

Da moda para a sociedade

Em 2015, atravessei as fronteiras da moda no jornalismo impresso ao ser convidada, por Dona Yolanda Queiroz e pelo Chanceler Airton Queiroz, para ser a nova colunista social do Diário do Nordeste. Além de assinar a coluna diária do jornal, passei a ser a editora do caderno Gente, publicado aos domingos, com os flashes da sociedade cearense.

Em 2015, Márcia Travessoni foi convidada por Dona Yolanda Queiroz para ser a nova colunista social do Diário do Nordeste e editora do caderno Gente (Foto: Arquivo MT)

Quem comunicou o convite foram, na época, o diretor-editor do DN, Ildefonso Rodrigues; o superintendente do DN, Pádua Lopes; e o superintendente do Sistema Verdes Mares, Ricardo Nibon. Como nova editora do caderno Gente, fui apresentada com uma festa com a presença de Dona Yolanda Queiroz, que fez questão de receber os convidados na porta ao meu lado e curtiu a festa do começo ao fim.

Foram cinco anos de muito aprendizado à frente do caderno Gente e da coluna social, e acredito que consegui imprimir minha mensagem, minha marca, quebrar a maneira que se fazia colunismo social e procurar elevar sempre o melhor das pessoas, levando uma mensagem leve, positiva e do bem.

No Gente, abordei temas até então considerados tabus em coluna social, como sororidade, autonomia feminina e diversidade, levei debates econômicos para as notas sociais e estabeleci um diálogo inovador e disrruptivo com as leitoras e os leitores.

Capa do caderno Gente, publicado no Diário do Nordeste. (Foto: Reprodução)

Novos tempos, novos desafios

Em 2018, o Sistema Verdes Mares inaugurou a redação integrada de jornalismo, reunindo, em um mesmo espaço e em torno da mesma essência jornalística, as equipes do Diário do Nordeste, G1 Ceará, TV Verdes Mares, TV Diário e Rádio Verdes Mares. Filho do saudoso Airton Queiroz, Edson Queiroz Neto assume a superintendência do Sistema Verdes Mares e passa a acompanhar de perto a rotina da redação.

Com a mudança, o Diário do Nordeste passa por uma grande reformulação e eu assumi a coluna Gente, publicada diariamente no caderno Verso até outubro de 2020, quando a parceria com o jornal foi encerrada. Ainda em 2019 e 2020, ficou sob minha responsabilidade a publicação da revista Gente, que, por duas edições, foi Gente por Márcia Travessoni.

Minha gratidão a todos amigos que fiz, colegas de trabalho tão queridos! Tenho certeza que a dor de ser desligada ou desligado será mínima perante a toda uma jornada de aprendizados e oportunidades que se abrem e sempre se abrirão. Confiem e sigam!

Pádua Lopes e Márcia Travessoni no lançamento da revista Gente por Márcia Travessoni. (Foto: Arquivo MT)
Print da coluna Gente, publicada no Diário do Nordeste. (Foto: Reprodução)

Plataforma à frente do tempo

Em paralelo aos trabalhos no Diário do Nordeste e nas tvs Diário e Verdes Mares, trilhei meu próprio caminho no universo digital e hoje sou responsável pela plataforma que leva meu nome e congrega site, canal no YouTube, conteúdo especial para redes sociais, revista impressa e coluna social 100% digital, além de ações personalizadas para clientes. Tudo isso, com o propósito de ser um canal de mensagens verdadeiras, positivas e relevantes.

Veja na galeria abaixo registros do meu trabalho como colaboradora do jornal Diário do Nordeste.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE