Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Davi Gomes celebra mais de 2 milhões de atendimentos nos Cucas e projeta ampliação

29 maio 2021 | Poder

Por Cintia Martins

À frente da Rede Cuca, o secretário Davi Gomes aponta que a iniciativa social realiza cerca de 450 mil atendimentos por ano. (Foto: Divulgação)

Comemorando sete anos de fundação em 2021, a Rede Cuca, política social mantida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, tem diversos motivos para celebrar. Geridos pelo Instituto Cuca, os Cucas da Barra, Mondubim, Jangurussu e José Walter ajudaram a transformar a vida de 2,75 milhões de jovens de 15 a 29 anos, através da cultura, esporte e criatividade. 

LEIA MAIS >> Família cearense que fundou o Hapvida é a 4ª mais rica do Brasil, diz Forbes

Igor Queiroz passa a integrar conselho da Fiesp a convite de Paulo Skaf

À frente da Rede Cuca, o secretário Davi Gomes aponta que a iniciativa social tem crescido muito nos últimos anos, realizando cerca de 450 mil atendimentos por ano de jovens que costumam fazer mais de uma atividade nos centros. “Muitos deles participam de  várias ações como natação e algum curso de economia criativa, por exemplo”, detalha. Os equipamentos demandam cada vez mais da gestão pública, de acordo com Davi, por isso será inaugurada uma nova unidade, no bairro Pici. “Era solicitado há muito tempo e será entregue em julho”, adianta. 

“Hoje, a Rede Cuca é uma referência em todo o Brasil, não há uma rede de equipamentos tão preparada para atender a juventude como temos em Fortaleza, por isso estamos na periferia, nos locais onde mais precisam de apoio para os jovens. Oferecemos mais de 30 modalidades esportivas como dança, teatro, música, natação, crossfit, judô, basquete e outras atividades que funcionam, principalmente, no contraturno, quando os jovens não estão em aula, para que eles fiquem menos vulneráveis a situações de criminalidade”, defende. 

Adaptações 

Com a pandemia da Covid-19, os cursos e atividades dos Cucas tiveram de aderir ao ambiente online, o que, conforme o gestor, foi uma mudança total de paradigma. “A migração dos cursos para o online nos surpreendeu positivamente, na verdade, porque muitos jovens que não tinham acesso aos equipamentos começaram a fazer os mais de 60 cursos que ofertamos por mês com mais de mil vagas”, destaca. 

“Uma novidade é o curso de Fotografia para Gastronomia, uma demanda recente da pandemia, porque as pessoas estão abrindo seus deliverys e comércios online. Devido ao momento também estamos testando novas formas de ofertar os cursos, alguns são ao vivo e outros gravados, e disponibilizados para os jovens assistirem no momento em que quiserem, o que amplia nossa atuação territorial e o acesso à Rede Cuca com formações que estão na moda e são a cara do que a juventude precisa hoje”, ressalta Davi. 

Mudanças em curso

O Cuca do Pici, que está em fase de construção, terá um espaço menor que os demais, no entanto, fica ao lado de uma areninha e uma pista de skate, e também contará com coworking colaborativo. A grande novidade, adianta o secretário, será a parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC).

LEIA TAMBÉM >> Maia Júnior detalha o que é hidrogênio verde e porque ele é promissor no Ceará

Paulo Henrique Sampaio revela como a Vonixx chegou a 32 países

“É um espaço super moderno, com uma quadra bacana e duas piscinas, além de estúdio de rádio e uma sala de atividades marciais. A parceria com a UFC prevê uma série de atividades de extensão acadêmica com professores e alunos, no campus. A ideia é que a gente foque a parceria mais no Instituto de Cultura e Arte (ICA) e nos cursos de Comunicação. Temos a esperança que a nossa atuação e as atividades vão mudar a cara da região ao redor, assim como aconteceu com os demais”, finaliza.  

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE